Engenharia: O que é OEE e para o que serve?

INTRODUÇÃO

O Indicador OEE  (Overall Equipment Effectiveness – Eficiência Geral do Equipamento) tem sido uma ferramenta cada vez mais  utilizada para o controle de produção.

Este indicador tem como tem como objetivo responder a três perguntas importantes:

  • Com que frequência os meus equipamentos ficam disponíveis para operar?
  • O quão rápido estou produzindo?
  • Quantos foram produzidos que não geraram refugos?

Como podemos perceber, a resposta à estas três perguntas nos fornecem um panorama geral da operação em qualquer tipo de negócio e, por este motivo, o OEE é considerado tão importante na indústria.

PARA QUE SERVE O OEE?

            O OEE tem como objetivo responder a três perguntas importantes: Com que frequência os meus equipamentos ficam disponíveis para operar? O quão rápido estou produzindo? Quantos produtos foram produzidos que não geraram refugos?

            A partir dos dados quantitativos, é possível verificar se a utilização do equipamento está sendo plena e onde poderiam ser realizadas melhorias. OEE é o índice utilizado como benchmark mundial pelas indústrias. Em um estudo realizado, foi estimado que as plantas com melhor eficiência no mundo apresentam o índice de 85% de OEE e que em média, o restante das indústrias apresentam um índice de apenas 60%. Isso nos leva a crer que para uma planta operando com OEE em torno de 60%, é possível aumentar a eficiência global em até 40% utilizando os mesmos equipamentos e os mesmos recursos. Neste ponto, surge uma importante questão: Como está a eficiência da minha planta?

Fonte: CitySystems

CONCLUSÃO

            O simples fato de medir e expor os indicadores para todos os envolvidos na produção com o estabelecimento de metas claras, proporciona um excelente resultado na empresa, pois alinha os objetivos da diretoria com os colaboradores de forma clara. É desta forma que se inicia um processo contínuo pela busca da excelência nos processos e consequentemente o aumento da eficiência operacional.   A integração de geração e análise de informações proporciona uma fonte única de consulta e faz com que o nível de aprendizado do negócio evolua constantemente. A empresa ganha em competitividade e os colaboradores ganham em qualidade de trabalho.

Produtos da Marrari que já utilizam este método:

Pro X – Controlador de Produção

Log X – Classificador de Toras

Autor: Antonio Sergio Beraldo – Diretor de Engenharia – Marrari Automação

Fonte: Apostila OEE – Cleyton Xavier Leite


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *