Madeira: como e por que medir a sua umidade?

Você sabia que a umidade da madeira é uma das suas importantes propriedades físicas? Aqui neste artigo você vai aprender o como e por que medir a umidade da madeira.

Esta variável afeta não somente a qualidade dos inputs em indústrias de base florestal, mas também a qualidade de seus produtos finais: madeira serrada, painéis, molduras, pisos, móveis, embalagens e até combustível. Além disso, a umidade está correlacionada e influencia outras propriedades do material como a densidade aparente, a resistência mecânica, a resistência à agentes biodegradadores e outros.

A madeira é um material higroscópico: facilmente absorve e libera conteúdo de água em busca de equilíbrio com a umidade relativa do ar. Quando as peças estão bem úmidas, a água é mais facilmente liberada. Quando estão mais secas, o fenômeno da secagem demora mais para acontecer. A visualização dos diversos cenários da movimentação e armazenamento de água em um material higroscópico e heterogêneo como a madeira provoca-nos o questionamento: em que momento e como medir a umidade? A instrumentação, a automação e a metrologia fornecem as soluções para que este importante controle seja realizado e o objetivo do presente texto é descrever resumidamente, para cada etapa industrial, como este controle acontece.

Nas primeiras etapas das indústrias de base florestal, a madeira ainda se encontra em formato de toras, cuja remuneração é mensurada comumente por massa (R$ / kg). Neste caso, quanto maior a umidade das toras, mais pesadas são as cargas comercializadas e consequentemente mais caras. É este o motivo pelo qual a umidade é, neste momento, importante. Para medir a umidade nesta etapa, pode ser utilizado o equipamento M65 Umilog da Marrari Automação. O responsável pela recepção do material no pátio faz um furo em algumas amostras ainda sobre o caminhão, checa a conformidade da umidade usando o sensor e, a partir daí, podem ser realizados cálculos de correção do preço da carga conforme quantidade de água e até mesmo previsão de estoque de matéria lenhosa em pátio, necessidade de compra de mais matéria-prima, etc.

Medidor de Umidade para Toras Marrari M65 Umilog
Medidor de Umidade para Toras Marrari M65 Umilog

A etapa industrial de secagem de madeiras é uma das mais importantes e é na qual a medição de umidade mais se destaca. Aqui, o teor de umidade pode ser utilizado para guiar e controlar a própria secagem e é ele quem define quais peças estão prontas para seguir para a etapa de processamento e quais peças devem ser descartadas ou encaminhadas para linhas de subprodutos, por exemplo. A boa secagem de madeiras é essencial para a prevenção de ataques de agentes biodegradadores como fungos e bactérias e para a garantia de estabilidade de peças que futuramente serão transformadas em pisos, móveis ou componentes estruturais. A Marrari Automação é especialista em secagem de madeiras e fornece, para isso, opções diversas de controladores e gerenciadores de secagem que fazem parte da família MR500 como o EcoPower, New Smart e New Easy. Existe também formas manuais de checar a umidade de pilhas de madeira dentro ou fora da estufa de maneira rápida e abrangendo muitas amostras – milhares de leituras, afim de conhecer vastamente a distribuição da umidade nas pilhas – usando, por exemplo, o medidor espada M55/56. O medidor espada não tem este nome à toa: o formato espada permite a inserção do sensor de umidade no centro das pilhas de madeira, que geralmente não pode ser alcançado pelo operador. 

Medidor de Umidade para Madeira Marrari M55-56 Espada
Medidor de Umidade para Madeira Marrari M55-56 Espada

Nas etapas de processamento e finalização de produção; como na serraria ou até mesmo na checagem de cargas portuárias para exportação, a medição pode ser realizada com equipamentos bastante práticos: os medidores M51 ou M52 fornecem resultados imediatos e são pequenos instrumentos portáteis.

É inevitável perceber que a indústria madeireira percorre um caminho conjunto com a tecnologia, a instrumentação e a automação. Sem soluções e inovações como as supracitadas, a garantia da qualidade de madeiras torna-se extremamente difícil, gera desgaste, retrabalho e desperdício. O objetivo da Marrari é o alinhamento entre a melhoria contínua da qualidade da madeira e o fornecimento de soluções que permitam maior agilidade nos processos industriais. 

Todos os detalhes sobre os instrumentos referenciados no presente texto podem ser encontrados na aba de produtos deste site. Para saber mais sobre outros processos industriais, confira também os outros artigos do blog!

Autora:

Elisa Pizzaia Goltz

Engenheira Industrial Madeireira (UFPR, 2014)

Mestre em Engenharia Florestal (UFPR, 2018)

Gerente de qualidade/técnica do laboratório Umilab na Marrari Automação


4 respostas para “Madeira: como e por que medir a sua umidade?”

  1. Trabalho com madeira de eucalipto há 22 anos e isso acrescentou muito aos meus estudos sobre eucalipto nesses 22 anos, muito obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *